(22) 9 9948-1737 contato@oitaperunense.com.br

‘Indústria e Construção’ eleva empregos em Itaperuna em agosto

‘Indústria e Construção’ eleva empregos em Itaperuna em agosto

Dados de emprego revelam que o Noroeste Fluminense está numa trajetória ascendente de empregos, e em especial Itaperuna. A cidade teve saldo de 228 vagas abertas, principalmente em “Indústria e Construção”, com 140 novas oportunidades. A análise foi feita a partir da plataforma Retratos Regionais da Firjan, que mostra ainda o Noroeste Fluminense com o melhor saldo de empregos do ano.

“Apesar das dificuldades, a região e a indústria da região em particular, mostram sua força com os dados de agosto. Acreditamos que estes números positivos serão ainda melhores com a chegada do fim do ano e a maior movimentação da economia”, disse o presidente da Firjan Noroeste Fluminense, José Magno Vargas Hoffmann.

O aumento em Itaperuna em agosto veio a partir da “Construção de edifícios”, responsável por 38 carteiras assinadas entre as atividades mais geradoras de emprego. Em seguida vem “Confecção de peças de vestuário, exceto roupas íntimas (+31). Outro município de destaque foi Aperibé, com 80 novas vagas – o melhor saldo do ano na cidade. Entre as atividades que mais contrataram estão “Associações de defesa de direitos humanos (+68) e “Fundição de ferro e aço” (+7).

O bom momento se reflete também regionalmente. De janeiro a agosto, Itaperuna acumula saldo positivo de 1.037 vagas, seguida de Santo Antônio de Pádua (+239) e Miracema (+209). Ao todo, a região abriu 434 novas vagas, o melhor saldo do ano, tendo “Indústria e Construção” (+746) como maior contratante, seguida de “Serviços (+715).

Macaé e Campos se destacam no Estado

No Norte Fluminense, Macaé teve o segundo melhor saldo de vagas abertas entre os 92 municípios fluminenses, a mesma posição no ranking alcançada em julho. “Indústria e Construção” foi a principal contratante na cidade. Já Campos apresentou retração quando comparado ao mês anterior: saldo positivo de 227 em agosto contra 429 em julho.

Apesar da queda em Campos, no recorte de dados de janeiro a agosto deste ano, as duas maiores cidades do Norte Fluminense se destacam no estado. Macaé foi a segunda (+6.545), atrás apenas da capital, enquanto Campos foi a terceira (+4.231). Em ambas as cidades, “Indústria e Construção” foi a maior contratante – respectivamente com 4.881 e 1.303 vagas abertas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up